Skip directly to content

6 mitos e verdades sobre o envelhecimento

Envelhecimento e Sociedade

O Brasil possui a quinta maior população idosa do mundo: são cerca de 28 milhões de pessoas com mais de 60 anos. E esse número só deve crescer. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o grupo de idosos de 60 anos ou mais será maior que o grupo de crianças com até 14 anos já em 2030. Apesar dessa estimativa, a população ainda tem muito preconceito e medo de envelhecer. Por isso, é importante conhecer alguns mitos e verdades sobre envelhecimento e saber que é possível envelhecer com saúde.

  1. A envelhecimento traz limitações físicas

MITO. Com o avanço da ciência e da medicina, adiaremos cada vez mais o surgimento de doenças crônicas e consequentes limitações. Segundo um estudo feito pelo International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA) em parceria com a Universidade de Washington e o Instituto Max Planck, atualmente, grande parte dos homens passa 63% de toda a sua vida com boa saúde, sem doenças sérias, demência ou perda de autonomia. Em 2050, essa parcela passará de 80%. As mulheres viverão com boa saúde durante 70% de sua vida ante os 60% atuais.

  1. Com o envelhecimento, a produtividade e a economia dos países vão desacelerar

MITO. É cada vez maior o número de pessoas com mais de 60 anos dispostas, saudáveis e ativas. Um levantamento recente feito pelo Instituto Datafolha mostrou que a fatia de brasileiros com 60 anos ou mais empregados ou em busca de emprego aumentou de 20 para 26% do total entre 2007 e 2017.

  1. O ímpeto sexual pode a diminuir com o envelhecimento

VERDADE. Tanto homens como mulheres passam por mudanças no organismo com o passar dos anos, principalmente em relação aos hormônios. Na menopausa, os níveis de estrogênio podem acarretar em alterações físicas e de humor que alteram o interesse por sexo. No caso dos homens, a diminuição dos níveis de testosterona também pode causar alterações na vida sexual. Isso não quer dizer, no entanto, que o desejo desapareça ou que pessoas mais velhas não possam ter uma vida sexual saudável e ativa.

  1. Conforme as pessoas envelhecem, elas esquecem mais as coisas

MITO. É verdade que envelhecimento traz mudanças no nosso organismo, incluindo alterações neurológicas que comprometem as nossas funções cerebrais. No entanto, é possível evitar que lapsos de memória aconteçam com frequência mantendo o cérebro ativo. É importante exercitá-lo com atividades intelectuais como aprender uma nova língua ou algum instrumento musical, por exemplo.

  1. A massa muscular tende a diminuir com o envelhecimento

VERDADE. A quantidade de gordura aumenta e a de massa magra diminui, assim como a produção de colágeno. Por isso, a prática regular de exercícios físicas e uma alimentação balanceada são ainda mais necessárias conforme envelhecemos.

  1. Doenças como diabetes e hipertensão são mais comuns com o envelhecimento

MITO. Doenças não podem ser consideradas normais. No máximo, comuns. Enfermidades como diabetes do tipo 2 e hipertensão podem e devem ser evitadas com uma alimentação saudável, com a prática de exercícios físicos e com o acompanhamento de um médico.

Mas, afinal, o envelhecimento não traz limitações?

Entre os muitos mitos e verdades sobre envelhecimento está a crença de que envelhecer significa ter uma vida limitada e pouco plena. Isso não é verdade. O envelhecimento saudável permite manter a capacidade funcional do indivíduo e o bem-estar em idade avançada.

Para isso, é preciso manter uma rotina de vida saudável ao longo da vida, que inclui uma alimentação balanceada, a prática regular de exercícios físicos, bem como atividades intelectuais e sociais. Vale a pena investir em uma rotina de vida equilibrada e feliz para garantir uma velhice mais tranquila e com saúde.

 

Referências

http://www.sbgg-sp.com.br/pub/mitos-sobre-o-envelhecimento/ - acessado em 23/10/2018

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/premio2004/doutorado/TeseMonicaAssis.pdf - acessado em 23/10/2018

https://www.hospitalsiriolibanes.org.br/imprensa/noticias/Paginas/Pensar-o-envelhecimento-%C3%A9-fundamental-para-melhorar-a-qualidade-de-vida.aspx – acessado em 23/10/2018

https://www.mayoclinic.org/healthy-lifestyle/sexual-health/in-depth/sexual-health/art-20046698 - acessado em 23/10/2018

https://www.maxnetaging.mpg.de – acessado em 23/10/2018